terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Ajuda - Crônicas de um deprimido crônico

6 comentários:

  1. Levar nossas crises e dificuldades com bom humor é fundamental! Eu dou risadas de mim mesma.
    Acompanho o blog e sinto falta de novas postagens. Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  2. Foram 8 anos negligenciando a doença, pensando que cessaria de repente - assim como acontece quando se pega uma gripe. Mas não passa. Ela permanece.

    Estava desesperada quando liguei pela primeira vez para o consultório do meu então psiquiatra. Pedi para a atendente para que marcasse um horário para mim. Porém, ela me disse que só havia disponibilidade na semana seguinte. Naquele momento já estava em prantos. Estava em um total desespero, na iminência de uma nova tentativa de suicídio . Da outra linha, ouvi um suspiro. Na sequência, ela me disse que havia uma vaga de um outro paciente, que cancelara a consulta "e que esquecera de desmarcar na agenda".

    Verdade ou não da "vaga disponível que era de outro paciente", se não fosse pela secretária, talvez eu nem estivesse mais aqui. Seja isso bom ou ruim.

    ResponderExcluir
  3. Recebi um selo de qualidade e devo indicar blogs que mereçam ser lidos e por isso estou te escrevendo pra te dizer que o seu foi um dos que eu considero de relevância!!!Entre nesse link e copie o selo e o poste no seu blog responda as perguntas e indique outros que mereçam ser apreciados!!!Abração!
    http://mmelomaisdomesmo.blogspot.com/2011/03/2-selinho.html

    ResponderExcluir
  4. Caro amigo,

    Lembro-me que em uma de nossas correspondências por e-mail, você disse "meus pêsames" quando descobriu que eu trabalhava com seguros, pois tinha passado pelas piores situações possíveis nessa área. Estou para escrever uma crônica relacionada aos absurdos envolvidos no ramo de seguros no Brasil e gostaria de saber se deseja colaborar com suas experiências. Aguardo seu retorno (meu e-mail você já tem).

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Saudades dos seus posts.

    ResponderExcluir